Como Fazer uma Boa Silagem

19 de novembro de 2019


As 4 Etapas para uma Boa Silagem

        Escolher o hibrido de milho correto

        Ponto de Colheita

        Colher na forma correta

        Armazenar de forma eficiente sem perdas

         1- O que observar quando escolher o Híbrido ideal para Silagem de Planta inteira

        A escolha do híbrido é o primeiro passo para produzirmos uma silagem de milho/sorgo de alta qualidade. O foco é garantir a ingestão de alimentos de alta degradabilidade ruminal de todas as partes da planta (grãos, colmo, folhas, palhas e sabugo), possibilitando o incremento na digestão e aproveitamento superior dos nutrientes no trato digestivo, esse fator está diretamente ligado a genética utilizada. Devemos observar as seguintes características ao escolher o híbrido:

       - Híbridos com valores, bromatológicos superiores ( MS: 33 a 35 %; PB > 7,0 % ; NDT > 70% ; FDN 45% ; FDA 25%) resultando em alta concentração de energia na silagem, boa qualidade de fibras e o teores superiores em proteína bruta, o que resulta na economia de concentrados energéticos e proteicos, ingredientes de altos custos utilizados nas rações.

       - Genéticas de porte mais alto, com alta produção de grãos que serão capazes de garantir uma alta produção de matéria seca digestível.

       - Melhor adaptação por ambiente/ sanidade respeitando o zoneamento agrícola bem como sanidade do material. Híbridos sadios melhoram o processo de fermentação, bem como o aumento de qualidade nutricional e produção/ há, além de ótima participação de folhas íntegras durante a ensilagem, que melhoram os teores de proteína bruta. Também é muito importante a aplicação de fungicidas nos tratos culturais.

       - Para silagem de planta inteira evitar genéticas de grão duro ou Fint, pois causam consideráveis perdas de grãos nas fezes por serem menos desagradados no trato digestivo.Devemos plantar híbridos de genética dentada, pois possuem superior aproveitamento no rúmen, fato observado devido a possuírem endosperma descompactado, resultado de uma menor concentração de membranas, proteicas que circundam o grânulo de amido, que funcionam como barreiras no processo de digestão. Também através do tipo grão, garantimos o melhor processamento no momento da colheita, com a garantia da quebra de grãos. Nas condições do Brasil, a utilização de colhedoras automotrizes, equipadas com quebrador de grão, tende a ser ainda muito restrita a maioria dos produtores. Grãos de genética dentada, são facilmente quebrados, mesmos nas ensiladeiras menores.

      - Janelas de corte: Genéticas de grão dentado possuem ampla janela de corte (15 a 18 dias), auxiliando no processo da colheita.Considerando que a entrada da máquina na lavoura pode sofrer atrasos,a janela de corte estendida auxilia muito o produtor.Oposto a isso, a genética de grão duro tem 5 a 7 dias para colher.

       Vantagens da Silagem de Alta qualidade 

     - Redução do uso de concentrados para gado de corte e leite.

     - Maior saúde e longevidade do rebanho.

     - Menos descarte de animais decorrentes de problemas de casco e acidose.

     - Dietas com custos menores de consequentemente maior rentabilidade no seu negócio. Lembrando que quando a silagem é de alta qualidade, diminuímos o concentrado e o animal mantém produção.

     Características da Silagem de Milho de Alta Qualidade

     - Alimento frio, o que indica ausência de oxigênio, que é o principal inimigo do produtor de silagem,

     - Alta participação de grãos, resultante do ponto correto de colheita.

     - Tamanho de partículas entre 0,5 a 1,0 cm, o que favorece a compactação e a ingestão de silagem, reduzindo as percas no cocho. As partículas podem ser aumentadas para até 2,2cm, nos casos de vacas em lactação de alta produção, confinadas, sem acesso a outros tipos de fibras.

    Proporção de Silagem nas Dietas

     Quanto melhor for a qualidade de silagem, maior poderá ser a proporção utilizada nas dietas. De maneira geral, utiliza-se 60% de silagem e 40 % de concentrados. Para gado de corte, pode-se utilizar até 90% de silagem de milho de alta qualidade e 10% concentrado, trazendo assim ótimos resultados econômicos.

       2- Ponto e Colheita

       O ponto da colheita do milho para silagem é de grande responsabilidade para quem decide o inicio do corte. É o dia correto que define a participação de grãos de silagem, trazendo grande vantagem econômica para o produtor, pois, se a silagem for iniciada no dia certo, será alta participação de grãos e consequentemente, haverá economia no uso de concentrados.

      Infelizmente muitos produtores erram no ponto de colheita, prejudicando muito a qualidade de silagem oferecida aos animais.

     Tecnicamente, o ponto certo é chamado de FARINÁCEO DURO, onde o grão se encontra 50% leitoso. A planta inteira se apresenta com a palha de espiga seca e restante verde. A matéria seca do alimento encontrada neste ponto está ao redor de 35% ideal para uma fermentação saudável e para ingestão desejável. Desta forma, aumentamos a participação de grãos na silagem, ou seja, mais energia. Como parâmetros médios, o ponto de colheita é ao redor de 110 dias após o plantio.

       3- Colhendo de Forma Correta

           Altura do Corte 

      A altura do corte deve ser entre 30 a 40cm, de altura, com o objetivo de reserva matéria orgânica para o solo, e assim aproveitar níveis de potássio no colmo de milho que são incorporados ao solo e principalmente melhorar a digestibilidade da silagem. O corte correto é ideal para produzir um alimento de melhor qualidade, produzindo mais leite e carne.

           A regulagem da Ensiladeira 

     A silagem bem picada favorece a compactação e a ingestão pelo animal, reduz perdas e economizando alimento, pois priva o animal da seleção de comida e cocho.

     A regulagem da ensiladeira é primordial para obter sucesso no manejo, obrigatoriamente considerando:

    Afiação das facas: no mínimo uma vez ao dia, se possível duas vezes ao dia, em rotação recomendada pelo fabricante da máquina.

    Engrenagens: As combinações corretas produzem partículas menores.(entre 0,5 e 1 cm)

    Distância entre facas e contra-faca: deve ser o mínimo possível, para evitar palhas da espiga, sabugos e grãos mal picados e quebrados.

    Estes fatores determinam o tamanho de corte desejado. Também é importante ressaltar a importância do processamento do grão de milho/sorgo presente na silagem, quanto mais processado, quebrado e moído, melhor.

         4- Armazenar de Forma Eficiente e sem Perdas

       Veja próximo artigo     



Entre em Contato